Como instalar o Python no Ubuntu

Objetivos:
Aprenda como instalar o Python no Ubuntu e se prepare para acompanhar as próximas aulas sobre programação em Python.
Recursos e materiais:
Computador com Ubuntu e conexão com a internet
Última atualização:
01/03/2021
Aulas do capítulo:

Nem todas as pessoas utilizam o Windows como sistema operacional de seus computadores. Na verdade, no mundo da programação, é bem comum as pessoas optarem por sistemas Linux, como por exemplo, o Ubuntu. Por isso, na aula de hoje, veremos como instalar o Python e criar ambientes virtuais no Ubuntu.

Verificando se o Python já está instalado

Diferentemente do Windows, em que precisamos fazer o download do instalador, sistemas operacionais Linux costumam já possuir o Python pronto para uso. Para conferir se você já possui o Python em seu computador com o Ubuntu, abra o terminal de comandos pressionando “Ctrl+Alt+T”, digite “python3 ‐‐version” e pressione “Enter”, conforme mostrado abaixo.

$ python3 ‐‐version
Python 3.8.5

Se o Python estiver disponível, você deverá receber como resposta o número da versão instalada e configurada como padrão. Em nosso caso, temos a versão 3.8.5, como apresentado acima.

Podemos conferir os últimos lançamentos do Python neste link e verificar se a versão que temos instalada é a mais atualizada. Como apresentado na Figura 1, no momento em que elaboramos essa aula, a versão 3.8.5 já está desatualizada em relação à última versão do Python (3.9.2).

Lançamentos recentes do Python
Lançamentos recentes do Python.

Para confirmar se você possui a versão mais recente do Python instalada no Ubuntu e ela apenas não está configurada como padrão, digite no terminal de comandos “python 3.X ‐‐version” e pressione “Enter”. O “X” deve ser substituído pela versão atualizada da linguagem, no nosso caso, por 9.

$ python3.9 ‐‐version

Se ela estiver atualizada, você receberá como resposta a versão do Python 3.9 disponível em seu computador. Por outro lado, caso ela não esteja instalada, o retorno será similar ao mostrado abaixo.

Command ‘python3.9’ not found, but can be installed with:
sudo apt install python3.9

Instalando/Atualizando o Python no Ubuntu

Caso o Python não esteja instalado ou caso você possua uma versão anterior e deseje atualizá-la para a versão mais recente, digite no terminal de comandos as linhas a seguir:

$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install python3.9
$ sudo apt-get install python3.9-venv

O terminal de comandos deverá solicitar sua senha e sua confirmação de que deseja continuar em alguns momentos do processo de instalação.

Se a versão do Ubuntu que estiver utilizando for anterior à 16.10, os comandos acima podem não funcionar. Nesse caso, utilize os comandos abaixo para fazer a instalação:

$ sudo apt-get install software-properties-common
$ sudo add-apt-repository ppa:deadsnakes/ppa
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install python3.9
$ sudo apt-get install python3.9-venv

Verificando a instalação do Python no Ubuntu

A instalação do Python 3.9 não remove qualquer versão do Python que possa já estar instalada em seu sistema operacional. Por isso, se você verificar novamente a versão do Python utilizando o comando “python3 ‐‐version”, poderá ainda receber como resposta a versão antiga.

Para confirmar que a instalação foi um sucesso e também para utilizá-la, você deverá especificar a versão desejada do Python sempre que executar um comando. Assim, confirme que a instalação do Python no Ubuntu aconteceu sem problemas digitando no terminal o comando a seguir:

$ python3.9 ‐‐version
Python 3.9.2

Da mesma forma que fizemos para a instalação no Windows, precisamos também verificar a instalação do PIP (“Package Installer for Python”). É o PIP que gerencia a instalação dos pacotes e módulos que instalaremos conforme a demanda de cada projeto que viermos a desenvolver em Python. Para verificar sua versão, insira no terminal de comandos a linha abaixo.

$ python3.9 -m pip ‐‐version
pip 20.0.2 from /usr/lib/python3/dist-packages/pip (python 3.9)

Trabalhando com ambientes virtuais no Ubuntu

Quando estamos programando em Python, é comum utilizarmos ambientes virtuais para cada projeto que viermos a desenvolver. Dessa forma, poderemos instalar os pacotes e módulos de cada projeto em seu respectivo ambiente virtual, mantendo-os isolados dos outros ambientes virtuais e do sistema operacional. Isso garante que o projeto contenha apenas os recursos que, de fato, são necessários e ajuda a evitar problemas de conflito entre as versões que projetos diferentes podem demandar de um mesmo pacote ou módulo.

Para criar um ambiente virtual do Python no Ubuntu, navegue até o diretório onde você deseja iniciar o seu projeto. Clique com o botão direito do mouse e selecione “Open in terminal” ou “Abrir no terminal” dependendo do idioma do seu sistema operacional.

Quando o terminal for aberto, insira o comando “python3.X -m venv nome_do_ambiente_virtual”, substituindo “X” pela versão do Python e “nome_do_ambiente_virtual” por um nome que preferir para o seu projeto. Certifique-se apenas de que o nome escolhido não contenha espaços e nem caracteres especiais. Em nosso caso, especificamos o Python 3.9 e escolhemos o nome de ambiente “aprendendoPython”, conforme mostrado abaixo.

$ python3.9 -m venv aprendendoPython

Você pode reparar que, no diretório onde você abriu o terminal de comandos, foi criada uma pasta com o nome do ambiente virtual e alguns arquivos dentro dela. Esses arquivos são uma cópia dos arquivos Python que serão necessários para executarmos nossos códigos isolados do restante do sistema operacional. É também nessa pasta onde serão instalados os pacotes e módulos que viermos a utilizar em nosso projeto.

Para trabalhar com o seu ambiente virtual, ainda com o terminal aberto na pasta onde ele foi criado, digite “source nome_do_ambiente_virtual/bin/activate” e pressione “Enter”. Para o nosso caso, o comando ficou:

$ source aprendendoPython/bin/activate

Se tudo tiver ocorrido corretamente, deverá aparecer no início de cada linha, entre parênteses, o nome do ambiente virtual.

Sempre que desejar desativar o ambiente virtual, digite “deactivate”, conforme representado a seguir.

(aprendendoPython) … $ deactivate

Qualquer dúvida que tenha aparecido ao longo do processo, deixe abaixo nos comentários para que possamos lhe ajudar.

Agora, já sabendo como instalar o Python e como criar os ambientes virtuais no Ubuntu, embarcaremos de fato em nossa jornada para dominarmos a linguagem. Se você deseja crescimento, aprendizado e diversão, independentemente do que você já saiba sobre programação ou outros assuntos ligados à cultura maker, inscreva-se gratuitamente em nosso blog para acompanhar nossos próximos destinos.

Referências bibliográficas

Python Org. “Python Source Releases”.Online. [Acesso em 26 fevereiro 2021];
The Hitchhiker’s Guide to Python! “Installing Python 3 on Linux”.Online. [Acesso em 25 fevereiro 2021];
Ubuntu. “Details of package: python3.9-venv”.Online. [Acesso em 25 fevereiro 2021]

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: